Bota Couro Shoestock Cano Médio Masculina

Bota Couro Shoestock Cano Médio Masculina - Caramelo

R$ 249,90

Bota Couro Shoestock Cano Médio Masculina - Caramelo

Ref.:O01-2931-219-37

Clássico do inverno, a bota masculina completa o visual masculino com um estilo casual sofisticado e oferece versatilidade para explorar diferentes combinações. Esta versão ... Ver mais.

  • Bota Couro Shoestock Cano Médio Masculina
  • Bota Couro Shoestock Cano Médio Masculina
  • Bota Couro Shoestock Cano Médio Masculina
  • Bota Couro Shoestock Cano Médio Masculina
Bota Couro Shoestock Cano Médio Masculina - Caramelo
Bota Couro Shoestock Cano Médio Masculina
R$ 249,90

até 4x de R$ 62,48

Vendido e Enviado por shoestock

Indisponível

Caramelo
  • Bota Couro Shoestock Cano Médio Masculina
  • Bota Couro Shoestock Cano Médio Masculina

Bota Couro Shoestock Cano Médio Masculina - Caramelo

R$ 249,90

até 4x de R$ 62,48

Escolha o tamanho para continuar:

Descrição

Clássico do inverno, a bota masculina completa o visual masculino com um estilo casual sofisticado e oferece versatilidade para explorar diferentes combinações. Esta versão exclusiva shoestock tem design com cano médio e cabedal em couro.

  • Nome: Bota Couro Shoestock Cano Médio Masculina
  • Gênero: Masculino
  • Indicado para: Dia a Dia
  • Estilo da Peça: Lisa
  • Ocasião: Dia a Dia
  • Material: Couro
  • Material Interno: Têxtil
  • Fechamento: Cadarço
  • Altura do Cano: Cano Médio
  • Solado: Borracha
  • Peso do Produto: 320 g (O peso do produto varia de acordo com a numeração)
  • Garantia do Fabricante: Contra defeito de fabricação
  • Origem: Nacional
  • Marca: Shoestock

AVALIAÇÃO DO PRODUTO

100%
Recomendaram esse produto

Por atributo

Tamanho
  • Justo
  • Na medida
  • Largo
Conforto
  • Desconfortável
  • Confortável
  • Muito Confortável
Qualidade
  • Ruim
  • Boa
  • Ótima
Aderência
  • Pouco aderente
  • Aderente
  • Muito aderente
Custo Benefício
  • Ruim
  • Bom
  • Ótimo

AVALIAÇÕES DOS CLIENTES (9)

4.44
4.44Média entre 9 opiniões
Avaliações reais, auditadas por